terça-feira, 30 de junho de 2009

DOCE COTIDIANO


Adoro acordar e ir até a cozinha, pois sei que vai estar lá de meias três quartos coloridas(fora de moda), socada em minha blusa que fica bem grande em você parecendo um vestido de mangas muito longas. A mesa estará posta e você com um sorriso sonolento, dirá igual a todos os dias:
-Bom dia alegria, alegria.
E vou olhar em seus olhos sem maquiagem, bonitos do mesmo jeito e com um meio sorriso sincero vou responder:
-Bom dia minha alegria.
Na mesa sempre dois pãezinhos torrados, o meu café quase sem açúcar e seu café com leite numa xícara que você segura com as duas mãos. E o que a gente mais quer e realmente precisa, é ficar ali, eu viajando nas suas histórias e sorrisos tão doces que nem ligo pro gosto do café. E o que a gente mais quer e realmente precisa, é ficar ali, você admirando toda minha filosofia barata contada com voz firme, como se eu fosse o sábio que não sou. Mas aí chega à hora da minha menina de sorriso doce vestir seu All Star, calça, blusa e jaleco tudo bem branquinho e partir para seu estagio na clinica de odontologia. E aí chega à hora e colo meus óculos de armação grossa, minha camiseta sem estampa, a calça meio velha que não te agrada e minha camisa de flanela que me deixa “tiozão” e parto para o meu estagio no jornal da região. Daí, espero o dia inteiro pra gente jantar, lavar a louça juntos, queimar o nosso tempo vendo um pouco de TV, escovar os dentes e por fim fazer travessuras em baixo dos lençóis. E quando deito minha cabeça no travesseiro, fecho meus olhos já posso vê-la novamente segurando a xícara com as duas mãos.

2 comentários:

EuAcaH! disse...

nada a declara sobre o assunto!!

só disser apenas que gostei!!


BjOOos!!")

Fadinha disse...

São essas coisas tão simples que fazem toda a diferença...
Linda postagem.
Abç