quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Foi quase nada...

O Pouco Que Sobrou

Eu cansei de ser assim

Não posso mais levar
Se tudo é tão ruim
Por onde eu devo ir?
A vida vai seguir
Ninguém vai reparar
Aqui neste lugar
Eu acho que acabou
Mas vou cantar
Pra não cair
Fingindo ser alguém
Que vive assim de bem

Eu não sei por onde foi
Só resta eu me entregar
Cansei de procurar
O pouco que sobrou
Eu tinha algum amor
Eu era bem melhor
Mas tudo deu um nó
E a vida se perdeu
Se existe Deus em agonia
Manda essa cavalaria
Que hoje a fé
Me abandonou





Gente eu meio que relaxei com o blog agora no fim do ano e como algumas das ultimas postagens to postando algo que não é meu. Essa musica aí dos Los Hermanos diz muito de como eu me senti em quase todo esse ano. Perdi muito de mim, tive muitas dificuldades e errei muito. Mas como diria uma “amiga a gente aprende pelo amor ou pela dor” (bom ela só repetiu o que eu disse a ela uma vez rsrs), esse ano aprendi pela dor, porém amadureci e aprendi muito. Talvez se tivesse vivido digamos assim um “ano de amor” não teria crescido o necessário para encarar outras coisas difíceis que possam vir por aí (virão). Agradeço à todos os seguidores.

Feliz 2010 gente. Tudo de bom pra vocês.




quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Eu gosto da chuva e às vezes da solidão também. Que mal tem?


Tá chovendo pra caramba e sem parar
E o céu tá muito escuro aqui em Bauru
É um ótimo dia pra ficar sozinho

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Eu nunca acreditei no Papai Noel


Papai Noel Velho Batuta
Garotos Podres

Papai Noel velho batuta
Rejeita os miseráveis
Eu quero matá-lo!
Aquele porco capitalista

Presenteia os ricos
E cospe nos pobres
Presenteia os ricos
E cospe nos pobres

Papai Noel velho batuta
Rejeita os miseráveis
Eu quero matá-lo!
Aquele porco capitalista

Presenteia os ricos
E cospe nos pobres
Presenteia os ricos
E cospe nos pobres

Pobres, pobres...
Mas nós vamos seqüestrá-lo
E vamos matá-lo!

Por que?
Aqui não existe natal!
Aqui não existe natal!
Aqui não existe natal!
Aqui não existe natal!

Por que?
Papai Noel velho batuta
Rejeita os miseráveis
Eu quero matá-lo!
Aquele porco capitalista

Presenteia os ricos
E cospe nos pobres
Presenteia os ricos
E cospe nos pobres

................................................................................
Bom gente é isso Feliz Natal

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Só de passagem

Passou por mim e eu ainda não sei o que foi
Como um Ciclone com mais de 8 graus de latitude
Que carrega casas e leva cidades inteiras ao chão
Arrastou-me pra longe me deixando sem atitude

Caiu sobre mim como uma Chuva mais pesada que o próprio céu
Foi dilúvio me afogando em minhas próprias incertezas
Relampejou, trovejou, fez do céu um inferno negro escondendo as estrelas
No rio de minhas dúvidas aumentou a correnteza

Do Vulcão adormecido de minha ira foi erupção
Lancei tal ira como lava aos céus imponente e temível
Destruí, queimei, causei danos irreparáveis
Passou e mesmo sem querer fiz um mal terrível

No solo estável que era o caminho que eu seguia
Estremeceu tudo como o maior Terremoto na escala Richter
Causou grandes perdas e desgraças
Me fez tropeçar, cair, não quis me levantar nem pude me conter

Por fim caiu como Nevasca, branca, fria! Como morrer
E me congelou dentro de mim fazendo-me duro e frio mais uma vez
Passou por mim causando total desequilíbrio e ainda não sei o que foi
Mas foi isso que fez

................................................................................

Vai saber.............

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Uma das coisas das quais eu não entendo


"as coisas que eu não entendo !

Por que você me olha desse jeito

Como se você quisesse alguma coisa...

Alguma coisa que eu tenho ou não

Alguma coisa que eu..."


Reação em Cadeia - Espero


................................................................................

Essa música ou pelo menos esse trecho vai fazer algum sentido por hoje ou por alguns dias. É uma boa banda com um som legal e letras simples. E se servir pra alguem coloquei meu orkut ai do lado, se add se identifique tipo "ô sou do blog ______".

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Enjoo da beleza - Returns

Não se seja bonita seja interessante
Faça-me desracionalizar com um sorriso delirante
Mas por cada grão de areia nessa terra
Torne o meu dia em algo mais relevante

Na primeira conversa você pode ser arrogante
Valerá muito a pena pela excentricidade
Mas por cada gota d’água no oceano
Seja interessante, diga um palavrão ou minta sua idade

Não seja o Sol aquecendo o Universo
Seja um universo, seja o Universo
Talvez assim te dê um poema e não um único verso

Seja interessante e a verdadeira beleza chegará
Pois se eu quisesse só um beijo ou uma mulher nua
Pagaria uma qualquer numa esquina, na rua à luz da lua

Fiz este poema há um tempo e até já postei por aqui. Da primeira vez procurava alguém e depois de alguns acontecimentos pode ser que esteja procurando de novo, bem, isso não vem ao caso. Dessa vez venho postá-lo como protesto, sim, pois acho que uma parcela significativa (93%) das mulheres anda muito exigente. Querem tudo de nós, homens, simples animais que não chegam aos pés de vocês seres perfeitos (ó puxei sardinha agora hein). Houve um tempo que nos bastava ser fortes e mais nada, depois bastava ser carinhoso e isso já abriu caminho pra exigirem romantismo. Com o surgimento do dinheiro surgiu o interesse e a exigência de tê-lo. Depois no renascimento surgiu o homem inteligente pensador. E não há muito tempo surgiu a TV e com ela a padronização de beleza. E hoje no século XXI a gente precisa ser tudo isso e mais um pouco. A gente tem que ter músculos e beleza pra chamar a atenção das fêmeas. Não se pode faltar carinho e romance em 30 anos de casado, porque isso esfria a relação. O cara trabalha o dia inteiro, malha e ainda tem que ter tempo pra ler todas as notícias do dia e um livro de filosofia por mês. Ainda existem algumas que querem que saibamos mais do corpo delas do que elas mesmas. Tudo bem exigir um pouquinho de cada coisa, mas pô se todo cara corresponder às essas expectativas citadas onde vai parar a individualidade de cada um? Venho notando a algum tempo que muitas mulheres esperam e exigem tanto, que se esquecem delas e de que os homens, também tem o direito e vão exigir e esperar alguma coisa delas. E muitas vezes queremos algo mais que beleza e já que vocês insistem em dizer, queremos mais do que sexo também. Sei que tenho muito mais garotas seguindo esse blog do que garotos. Por isso fico um pouco frustrado, pois alguma coisa aqui pode parecer machista, porém eu não sou. Sou (estou) apenas frustrado com tanta exigência ridícula sou a favor de que as mulheres comecem a aceitar cada cara como ele é e não exigir dele um mundaréu de perfeições, afinal nenhuma de vocês é perfeita. Quando exigirem também repare em vocês. Não se pode exigir o que não se tem. Sei lá, me parece que algumas de vocês ainda sonham com o príncipe encantado de cavalo branco e armadura prateada.