sexta-feira, 3 de julho de 2009

Vamos chamar esse aqui de: falta de imaginção

Ontem dia de chuva:
  • "Trabalhei"(reparem as aspas);

  • Fiz um simulado no cursinho, simulei que sabia alguma coisa de física;

  • Passei na casa de um amigo pra falar de um barzinho novo na cidade, bar meio ruim daí aquela parada, meio intelectual meio de esquerda, do Antonio Prata;

  • Fui à academia pra equilibrar corpo e mente, na verdade foi pra ver a loirinha mais velha que é proprietaria de um fusca amarelo, mas por enquanto estou mantendo só contato visual;

  • Cheguei em casa comi como um touro;

  • Tomei um pouco de vinho barato, barato, mas não muito;

  • Fiz a "barba"(reparem as aspas);

  • Tomei um banho quente, o chuveiro tá ruim, tenho que ligar pouco é um saco;

  • O vinho fez aquele efeito de paixão momentânea, aí me lembrei...vinho, se toma a dois, estava só;

  • Apaguei as luzes e apaguei, pra que os sonhos se acendessem;

  • Ah! Eu escovei os dentes antes de dormir =];

3 comentários:

donnanina disse...

Poootz, vinho realmente causa efeitos "paixonísticos". As vezes os efeitos são irreversíveis (oi?rs) para a mente e para o corpo (o dia seguinte que o digo)!hehehehehe...tenso tenso...

Adoro não fazer nada na chuva...hj não choveu, mas a vontade de não fazer nada, persiste...droga.rs
besos

Coringa disse...

Creio que sua ¨barba¨(reparem nas aspas) é igual a minha.kkk

EuAcaH! disse...

bom-dia!!=X

bjOOs ;D