domingo, 23 de agosto de 2009

Aí mulher(S) qual o seu olhar?

Um dia em minha “longa” vida resolvi escrever um livro. Escrevi alguns vários capítulos, aí pensei. E depois de pensar conclui que tinha pouca experiência de vida pra escrever um livro, aí parei. Parar não foi o suficiente, apaguei (Del). Mas a vida é uma caixinha de surpresas e fuçando na minha bagunça particular, encontrei um rascunho que havia feito a caneta mesmo. Era um capitulo pequeno, em que o personagem principal falava sobre observar olhares femininos. Não desisti de escrever um livro, também não vou abandonar a idéia central e o estilo, mas acredito que estarei mais preparado e com um conteúdo mais interessante lá pelos trinta. Por hora está aí o capítulo sem titulo.




Acho que poucos homens reparam nos olhos das mulheres o quanto eu reparava, reparo ou vou reparar até que o tempo canse de vez a minha vista. O que quero dizer é que os olhares femininos trazem as estações do ano. Sendo assim algumas mulheres carregam o verão em seus olhos, aquecem facilmente qualquer ser do sexo oposto. O problema é que muitas vezes, nós, homens, acreditamos que o calor causado por tal “verão”, só serve mesmo para dar aquela vontade de ficar sem roupa e deixamos esses olhos transbordados por chuvas de verão.
Outros raros são frios, tristes, como o inverno, e necessitam ser aquecidos. Para isso basta recebê-los com ternura e compreensão, assim quebrando todo gelo. Estes olhares realmente precisam de cuidado, pois mal tratados só esfriam mais. Existem também os que são como as folhas do outono, secos, caídos, sem cor, sem graça e maduros, talvez. E por fim os cheios de cor e vida como a primavera, trazem a alegria aquela vontade louca de cantar simplesmente por ouvir os pássaros ou ver tantas flores a desabrochar. Você pode até se apaixonar facilmente por eles e só por eles e bom um bom tempo, mesmo tendo visto-os só uma vez.

Na realidade toda mulher carrega nos olhos as quatro estações do ano. Porém vai de um homem fazer com que cada um apareça, pois sim faz parte obrigatória de um relacionamento cada olhar. Assim como as estações fazem sua parte indispensável num ano. Só que os olhares não têm nenhuma delimitação de tempo. Feliz é o homem que faz nos olhos de uma mulher a primavera por muito tempo durar.

Um comentário:

EuAcaH disse...

nossa.....

nem eu sabia Q meu olhar mostrace tanto!!!

;*