sábado, 12 de setembro de 2009

SIMULTANEIDADE


- Eu amo o mundo! Eu detesto o mundo! Eu creio em Deus!

Deus é um absurdo! Eu vou me matar! Eu quero viver!

- Você é louco?

- Não, sou poeta.